www.juracireboucas.org: GOVERNADOR MANGABEIRA -Prefeito e vice-prefeito participam de Solenidade de Passagem de Comando da 27ª CIPM

Casa Sousa

Casa Sousa

sábado, 3 de junho de 2017

GOVERNADOR MANGABEIRA -Prefeito e vice-prefeito participam de Solenidade de Passagem de Comando da 27ª CIPM


Prefeito e vice-prefeito participam de Solenidade de Passagem de Comando da 27ª CIPM
Na tarde de quinta-feira (01), o prefeito Marcelo Pedreira e o vice-prefeito Orlandinho Leite foram até Cruz das Almas, acompanhados do secretário Albano Fonseca e dos vereadores Zé Poeira e Fábio de Telinho, para participarem da Solenidade de Passagem de Comando da
27ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).
Na ocasião, foi entoado o Hino Oficial da PM-BA e o Coronel PM Ademário Xavier, comandante do Comando de Policiamento da Região Leste (CPRL), conduziu o ato de troca de comando e apresentou o comandante sucessor, o Major PM Marcos Davi Santos Pinto.

Em seu discurso de despedida, o sucedido Major PM Marcio Amorim de Marcelo falou emocionado sobre os dois anos em que esteve à frente da Companhia e sobre as peculiaridades do Recôncavo. O Major também elogiou a equipe e creditou o sucesso nas operações e consequente redução nos índices de violência da região ao compromisso profissional de cada um. Ao falar sobre os 12 municípios que integram a 27ª CIPM, entre os quais está Governador Mangabeira, o Major reconheceu o apoio dado pela Prefeitura Municipal à Polícia Militar e agradeceu ao prefeito Marcelo Pedreira por complementar as ações da PM.
Em nome dos prefeitos do Território de Identidade do Recôncavo, o prefeito de Cruz das Almas, Orlando Peixoto entregou um certificado de homenagem ao Major Marcio Amorim.
Também estiveram presentes na solenidade autoridades locais e regionais.













www.juracireboucas.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, não refletindo a opinião da equipe deste blog. Todos os comentários serão moderados pela direção deste blog, sendo que os mesmos deverão ser identificados para serem aceitos, seja qual for o seu teor.